24 de set de 2012

Percebi que era ela quando ela sorriu

Andava junto de mim
Dizia fofocas dos outros
Fazia gestos elegantes
Cantava MPB
Dizia que o céu está lindo
Se protegia do sol
Topava com amigos e amigas
Dizia quem eram, quem sou
Pegava na mão do prefeito
Chorava ao som de Chopin
Comprava sapato no shopping
E pechinchava o valor
Atravessava na faixa
Parava na Banca Brasil
Lia somente as manchetes
Do diário regional
Parava à beira do parque
Pra ver criança brincar  
Sorria de encanto e de graça
E me fazia corar
O mundo girava mais lento
Pro tempo nunca passar

Fernando Lago – 24 de Setembro de 2012