13 de jul de 2009

Senti Saudade

Eu hoje me lembrei de você
E senti saudades
Achei que não iria acontecer
Que tinha aceitado a realidade
Mas hoje me lembrei de você
E senti saudades

Eu quis me conformar em não te ter
Indignidade!
Achei que fosse fácil te esquecer
E me propus com toda humildade
Mas hoje me lembrei de você
E senti saudade

Pensei eu que assim ia viver
Minha liberdade
Mas nem sequer cheguei a conhecer
Pois tudo era apenas uma fraude
E hoje me lembrei de você
E senti saudade

Eu hoje me lembrei de você
E senti saudade
Mas creio que não há o que fazer
Receio que agora seja tarde
Sei que hoje me lembrei de você
E senti saudade


Fernando Lago Santos – 25 de Junho de 2009

2 comentários:

  1. Encantador este poema! Fico cada vez mais maravilhada ao perceber que ainda neste mundo encontramos pessoas que nos transportam a um mundo interior reflexivo... Prabéns amigo Fernando! Admiro suas escritas.
    Beijinhos de sua nova amiga, a mais tímida do mundo rs

    ResponderExcluir
  2. Rsrsrsrs

    Minha amiga mais tímida! rsrsrs
    Obrigado pela apreciação! Desmerecida pelo autor, é certo, mas agradeço muito!

    Bjos
    Volte sempre!

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?