22 de fev de 2010

Vives?


Vivo

Posso parecer que não

Quando caminho pelo mundo

Sete mesas, sete casas

Sete estender de mãos

A pedir

Todos me negam o direito

Mas vivo

De teimoso e insistente que eu sou


Tolo!

Por que teimas?

Se te querem para a morte

Nesta vida é a tua sorte

Morrer


Lutar

Minha sorte na vida é lutar

Morrer é o que querem pra mim

Mas luto

Sou viciado na teimosia

Sou viciado em dizer não

Às barbaridades que me tentam inculcar


Tu não sabes o que dizes...


(Janeiro de 2010 – Fernando Lago)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?