29 de abr de 2010

Se você fosse música


ADVERTÊNCIA

Não costumo postar coisas repetidas, mas recentemente tenho relido (sempre faço isso, na verdade) algumas poesias antigas, desta vez com a intenção de musicá-las. Esta, em verdade, já foi composta com a intenção de ser uma música, fato impedido pela pouca criatvidade do autor. Postei-a aqui há já mais de um ano e torno a postar agora. Por quê? Porque quero, oras!

Se você fosse música

Você ri e muda o mundo
Mudo eu fico
Penso a fundo
E afundo (sem pensar) em seu sorriso
Seu olhar logo enlouquece
O meu olhar
Que agradece
A loucura de te amar

Seu andar que deixa louco
O caboclo
Que se atreve
A acompanhar seu caminhar
Sua boca de cereja
Que beleza
Bela, estela
Estrela d’alva a brilhar

Você é toda bonita
Deixa qualquer perna bamba
Moça de beleza infinita
Se você fosse música seria samba

Ritmada na batida abatida

A batida se alegra quando passa

Sua graça me engraça

E me passa o calor de eterno amor

E meus olhos vão seguindo
E sambando com seu samba
Seu olhar me deixa bamba
O seu samba me assombra
Amoroso é seu jeito de assombrar

Santos, Fernando Lago. 2008

3 comentários:

  1. gostei!!!!!!!!! agora quero ver vc cantar!

    ResponderExcluir
  2. Verdade Isleide, agora só falta ele cantar essa bela música *--*

    ResponderExcluir
  3. Sleyd e Taynara...

    Com tantos furacões e terremotos vocês ainda me pedem mais essa tragédia?

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?