20 de jun de 2010

Algo de mim...

"a única verdade é que vivo.
Sinceramente, eu vivo.
Quem sou?
Bem, isso já é demais..."

(Clarice Lispector)


Autocrítica


Me olho

Me transformo

Me reflito

Me organizo

No conflito de mim mesmo


Me recolho

Me resigno

Me refaço

Me questiono

Nas questões que o mundo faz


Me renovo

Me enquadro

Desenquadro

Reenquadro

Neste quadro de minha vida


Me construo

Pouco a pouco

Me melhoro

Pouco a pouco

Pouco a pouco

Vou vivendo

Preenchendo minhas lacunas


Fernando Lago – 01 de Agosto de 2009



Eu sou assim (Autobiografia)


Eu sou assim

Um sujeito inexplicável

Um ser anti-social

Totalmente sociável


Se fumasse meu cigarro

Se tomasse meu trago diário

Se praticasse uma orgia intelectual qualquer

Se me inebriasse do perfume

(E talvez de algo mais)

De todas as belas damas que me cercam


Talvez chamassem-me cafajeste

Talvez chamassem-me sortudo


No entanto, que vida!

Que morte!

Que comédia poética!

Que poesia cômica!


Máscaras de Arlequim!


Arre!

Não prestem atenção em mim!


Fernando Lago Santos – Junho de 2009


7 comentários:

  1. Gostei das palavras e adorei o blog,
    estou seguindo...

    beiijo
    *.*

    ResponderExcluir
  2. Um anti-social sociável?!? Hum... Bate aqui companheiro \o.

    ;)

    ResponderExcluir
  3. o fato de ser inexplicável ser torna mais instigante

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHA, ainda fala de minha eloquência né Nando.

    Me recordo de um comentário seu em meu blog dizendo que todo poeta NECESSITA de um poema sobre si mesmo, mesmo sendo autocrítico, ou auto-enrolação. Você é simplismente demais, fico tão feliz em ter um amigo tão inteligente.

    Meu poeta, textos perfeitamente perfeitos. AMEI

    ResponderExcluir
  5. Grafite,
    Obrigado por estar por aqui! Volte sempre ;)

    Mari,
    Esta contradição de ser simpático mas fugir dos lugares públicos é horrível, né. Eu sou sociável, trato bem as pessoas, converso, rio e gosto de estar com os amigos... Mas sou tímido, e isso me faz fugir de alguns compromissos sociais... Um anti-social totalmente sociável! Obrigado por comentar! Abraço!

    Isleide,
    o mistério e a inexplicação realmente são instigadores. São muitos os que se arriscam a explicar o inexplicável. Uma tarefa não muito simples, é verdade...

    Tay, sua linda!
    Obrigado pela sua simpatia! Também sou muito feliz por conhecer uma menina tão genial como você!

    Grandes Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Nossaaa!

    PAAAALMAAAS!

    um grande escritor!
    ;**

    ResponderExcluir
  7. Getileza sua, Thiara!

    Mais uma vez obrigado! =)

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?