27 de set de 2008

Falso Sequestro

- Pai!
- Meu filho!
- Eu fui sequestrado, Pai
- Onde você está?
- Eu não sei, eles vão me matar
- O Senhor ouviu, né? Se o senhor não obedecer direitinho, o seu filho morre!
- Mas qual dos meus filhos está com vocês?
- Esse que o senhor ouviu...
- Mas não dá pra saber, eles tem vozes muito parecidas. Seria o Otávio?
- É esse mesmo! É o Otávio! Se o senhor não depositar 10.000 na conta dos cara o otávio MORRE!
- Mas é imposível! O otávio só tem três anos...
- Ih, então eu me enganei, não é o Otávio, não é o outro.
- O Flávio? Ou o Márcio?
- É um dos dois...
- Mas qual deles?
- Os dois não são seus filhos?
- Sim, mas é que eu gosto mais do Márcio... Se for o Flávio você pode ficar...
- Então é o Márcio...
- Impossível
- Como Impossível, eu tô com o Márcio aqui ao meu lado, fala aí pra ele Márcio!
- Pai, me ajuda...
- Mas é impossível, o Márcio está na Misericórdia, lá em Itapipoca!
- E onde o senhor acha que nóis pegou ele?
- Vocês pegaram ele lá???
- Craro!
- Mas a Misericórdia é um cemitério, meu filho! O Márcio tá morto há doze anos...
- Pô véi, o senhor também é difícil, viu!
- Mas vocês não se explicam direito...
- Óia, o bagulho é o seguinte, tamo com o filho do senhor e vamo passar ele se o senhor num depositar dez mil na nossa conta.
- Mas eu preciso saber com quem vocês estão na verdade. Não teria sido a minha mulher?
- Pode ser...
- Pois é! Ela você pode ficar...
- Por que?
- Eu me separei faz anos...
- Ah, Tiozinho! Quer saber de uma coisa? Eu tô falando de uma prisão e não tem filho nenhum! Esse cara que tava falano aqui era meu colega de sela o Tranquera
- Fala, Brôu!
- Mas quer Saber, tio? Tu é chato pá caramba, meu! Vai tomar no...
[tutututututu]
- Sequestrador estressado... Imagina se eu falasse que nunca fui casado....

Fernando Lago Santos (2007)

Um comentário:

  1. Hahaha, muito legal o texto, gosto do seu humor.

    Lembrei do livro Analista de Bagé de Luis Fernando Verissimo...

    Gostei do blog, vou fazer propaganda...

    Tmau junto

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?