13 de abr de 2010

Crime Organizado

- É um assalto!

- Como assim?

- Assalto, assalto, ué! Passa a grana, fica quietinho, não olha pra mim... essas coisas, tá ligado?

- Eu sei o que é um assalto, mas francamente! São nove da manhã! Isso não é hora de assaltar!

- Como não é hora? De que época você é, meu filho? Assalto agora é qualquer hora...

- Tá, nisso o senhor tem razão... Mas e essa arma ai?

- Que tem minha garrucha?

- Deixa eu ver ela aí...

- Tó! Que é agora?

- Não acha que ela está meio velha não?

- Que isso, rapá? Tá maluco? Tu me respeite, que eu estou no ramo há mais de dez anos; não admito esse tipo de depreciação!

- Me respeite o senhor! Se o senhor vai me assaltar, que seja pelo menos com uma arma decente!

- Olha, você já me cansou! Dá minha arma pra cá!

- Tamo, essa merda!

- Agora vai passando logo a grana aí, antes que eu te pipoque!

- Epa, calma lá! Não é só assim não! Que isso? Não existem mais leis neste país?

- Cara, tu tá pedindo!

- Tô pedindo mesmo! Quero ver o registro desta arma aí!

- O registro?

- Sim! E o seu registro também! Quero saber se você é associado da ANABA, Associação Nacional dos Assaltantes e Bandidos Afins.

- Ih, caramba, a carteirinha da ANABA eu esqueci em casa... Serve a da Estadual?

- Serve, deixa eu ver aí...

- Tá tudo legalizado, em dia, tem nada vencido.

- Hum...

- Tudo beleza? Passa a grana agora?

- Hum... Epa! Calma aí, calma aí, calma aí...

- Que foi?

- Segundo está escrito aqui sua área de atuação vai do Centro até Bela Vista...

- E daí? Aqui ainda é Centro!

- Aí é que o senhor se engana! O Centro acaba logo ali, na Rua Medeiros. Aqui já é Santa Misericórdia...

- Mas que merda, eu sempre confundo...

- Azar, hein! Desculpe, foi uma honra!

- Peraí, véi, vamo negociar! São apenas cem metros até a Medeiros... Você bem que poderia dar uns dez passinhos grandes para trás, hein...

- Desculpe, meu caro bandido, dura lex sed lex!

- Que merda! Eu odeio burocracia! Odeio, odeio!

- Eu também, meu caro, eu também... até mais ver!


Fernando Lago – Abril de 2010

4 comentários:

  1. Tá vendo Fernando...
    A burocracia no Brasil já está passando dos limites.

    Não tá fácil nem pra bandido.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, está aí algo interessante! Ao menos a burocracia referida livou alguém de um assalto. rs
    Muito criativo o post!...Associação Nacional dos Assaltantes e Bandidos Afins - ANABA, fica mais fácil controlar o fluxo de assaltos e ainda por bairros...Quero saber a lista dos que não podem assaltar o meu bairro, você tem aí? Se é direito, eu também quero ser "burodemocrática".

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Mone!

    Novinha,
    Realmente... Com tanto assalto, tanto roubo, tanto tudo, é bem capaz de alguém querer tirar proveito com a sua normatização e institucionalidade. Não que ainda não exista assalto institucionalizado, exemplos não faltam Brasil afora...

    Rosy
    Não estamos muito longe da criação de uma ANABA institucionalizada. Longe dos papéis e da burocracia de controle territorial elas já existem. Se fizermos uma pesquisa veremos que uma boa porcentagem dos assaltos que acontecem na nossa cidade tem relação estreita com o tráfico e consumo de craque... Pano pra manga, como diria o professor Ivo.

    Bjos, minhas caras! São sempre bem vindas!

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?