10 de ago de 2010

Companhia


Se respiro o teu ar
Falta-me ar

Fico sem jeito com teu jeito de não me amar
E me afirmo no teu jeito de negar
Minhas tentativas inegáveis de conquista

Teu sorriso terrivelmente lindo
Faz-me louco
Faz-me pouco
Diante do que há
De amores pra ti no mundo

E o melhor de tudo é sentar
Com o peito ao pára-peito da janela
E olhar as belas criaturas femininas
Brasileiras
Passarem em passos franceses pela Avenida do governador

Mas nenhuma se iguala a ti...

Fernando Lago – Junho de 2009

5 comentários:

  1. Que lindooooooooooooooooo!
    Eu sempre digo que não quero ser a mulher mais linda do mundo, mas queria ser a mulher mais linda pra ele!

    beijos Nando!

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernando...

    Farei o comentário do comentário da Nanda.
    Queria ser a mulher mais linda pra ele... bonita de corpo e de alma. Tanto por dentro como por fora.

    Beijos...

    ResponderExcluir
  3. "Se respiro o teu ar
    Falta-me ar."

    Lindo isso e digo mais: Lindo é a exclusividade que um homem oferece á sua amada...


    Voltarei,

    Beijos, Vizinho!

    Tâmara

    ResponderExcluir
  4. O poder de ser poeta é saber usar as palavras certas. Te disse isso hoje, ahahahah. Muito meigo esse *--*

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Nanda e Novinha... E eu queria ser (não o homem mais lindo, milagres são raros) mas pelo menos o cara mais bacana ou a melhor companhia pra alguma ela, por aí. (ainda vou decidir se posto isso, tá muito música brega) Kisses

    Tâmara, obrigado pelo comentário. Pode voltar sempre que quiser. (Visinho? rsrs De verdade ou metaforicamente falando?)

    Sam, linda! E eu te dizia também que vc é uma poetisa de muito talento. Também, pelas coisas que vc me conta da sua cidade e da sua família, né! hahaha tinha que ser mesmo.
    Beijo, lindinha!

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?