10 de set de 2010

Oceano de Emoções



Mergulharei nos teus olhos, meu bem
E nadarei na conjuntiva, no teu globo ocular
Me apaixonarei por tua íris
Enviarei ao teu cérebro poesias e galanteios
Através do teu nervo óptico.

Todos os elementos que compõem este teu olhar desconfiado são belos
Inclusive a própria desconfiança
Seus olhos são duas castanhas, sem caju
Abandonadas pelo mundo e embebidas por lágrimas desorientadas

Meu anjo
Aqui e ali nos veremos
E poderemos trocar experiências e beijos
Mas por tudo que há de sagrado
Pelo cafezinho depois do almoço
Pelo cigarrinho depois do café
Pela cervejinha depois do cigarro
Por favor, não chore
Que não se desperdicem as águas dos teus olhos
Que ainda tenho muito que desbravar por elas
Submerso neste teu oceano de emoções

Fernando Lago – Fevereiro de 2010

7 comentários:

  1. Eu lendo fiquei submersa em toda poesia que é ser Nando Lago...
    Meu mais que querido Nando Lago...

    Lindo!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Poético, me dá inspiração também.
    Fernado Lago, és um bom poeta...

    Ahh, abraço.

    http://fobsocial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Você é tão exagerado!!!...
    mergulha nas metáforas, deixa-as hiperbólicas (e me leva junto)...
    Gostei Nando, gostei mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Quee lindo Feer*--*
    Tu tem um talento e tanto com as palavras, não, q pecado, não são apenas palavras, o jogo de sentimento, intenso e doce ao mesmo tempo. Muito lindo. Parabéns por o rebento Feer! Incrivél.

    ResponderExcluir
  5. "Toda poesia que é ser Nando Lago"... poxa, Nanda, vc às vezes me deixa até sem graça! Obrigado, linda! =)

    Zau, obrigado pela visita, obrigado pelo elogio! Esteja sempre à vontade! Abraço!

    Keu, baiana arretada! Eu sou minimamente hiperbólico, uma ressaca ambulante. Exagero mais que a nega do leite pobre e na chuva. Beijú!

    Sam, vc é uma linda, sabia?
    E nem vem, tudo que vc falou se aplica a vc também! Gosto de sua poesia, lembra o que eu ficava sempre repetindo lá no seu blog? Eu mantenho, admiro sua poesia! =) Beijo, gatinha!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Adorei isso:
    'Todos os elementos que compõem este teu olhar desconfiado são belos
    Inclusive a própria desconfiança.'

    Perfeito querido!

    Moço cheio intimidade com as palavras, parabéns!

    ResponderExcluir

Pode se jogar, mas não esqueça a sua bóia, viu?